Tipos de Exames

Endoscopia Digestiva Alta

Na endoscopia digestiva alta uma pequena câmera é utilizada para examinar as paredes do esôfago e estômago. Caso necessário, são retiradas amostras de tecido para análise. Caso apareçam inflamações durante o exame, é possível que se tenha refluxo, o qual já está ocasionando esofagite que, se não tratada, pode levar a uma série de complicações.

Manometria Esofágica

Serve para medir o bom funcionamento do esôfago. Este exame, bastante moderno e de alta precisão, mede as contrações musculares rítmicas que ocorrem no momento de engolir. Além disso, avalia também a coordenação e a força exercida pelos músculos do esôfago em condições de repouso e deglutição.

 

A PHmetria permite ao médico analisar o refluxo de material gástrico do estômago para a laringe e esôfago. Realizado dentro de um período de 24h, medindo o PH intraesofágico, é o exame mais adequado para avaliar a intensidade do refluxo gastroesofágico e sua correlação com a alimentação, o sono e outros sintomas.

PHmetria

 

Realizado a partir da deglutição de contraste em forma de bebida, serve para observar a passagem desse através do esôfago em um aparelho de raio-x. Além disso, permite que o médico analise algumas partes do esôfago de difícil visualização por outros métodos, mostrando possíveis anomalias na capacidade de deglutição, no esvaziamento do esôfago e também a presença de hérnias de hiato.

Raio X

 de Esôfago

Contrastado